Cidadania nas redes sociais
Edição de Setembro marca o 1º aniversário do Cidadania em Debate
Viana | Estalagem
Bookmark and Share Partilhar



A 12ª edição do Cidadania em debate foi realizada no dia 9 de Setembro de 2017, a actividade teve lugar no jango do Mosaiko | Instituto para a Cidadania.


Os participantes abordaram o tema: Cidadania nas Redes Sociais. O jornalista Ismael Mateus moderou o debate, que contou com a presença de 21 mulheres e 67 homens, maioritariamente jovens estudantes do ensino superior


Ismael Mateus diz que com as redes sociais aumentou a liberdade de expressão, o que dá a cada cidadão a possibilidade de assumir um nível de cidadania que se ajuste a toda gente. Se cada um de nós colocar no seu mural o que espera do país, a nossa sociedade teria muitas ideias, disse o jornalista.
Independentemente do que eu sou, Kimbundu, Bacongo ou Ovimbumdu, sou cidadão e o meu exercício deve ser um exercício localizado, mas também devo ter a dimensão de que eu sou Angolano, sublinhou.


Para o antigo presidente do Sindicato dos Jornalistas Angolanos, aquilo que se refere à boa governação tem a ver com a participação do Cidadão na gestão dos seus próprios problemas. E as redes socias não dão essa abertura. Na fase das eleições, a maior parte das pessoas acabou por manifestar a sua posição politica e acabou por influenciar terceiros. Advogados, professores estudantes foram partilhando opiniões sobre o que pensavam acerca do país e os partidos políticos podiam olhar para essas contribuições e avaliar, disse o Ismael Mateus.


A cidadania vista pelas redes sociais é uma cidadania que está por se discutir porque temos ainda que definir regras de actuação, finalizou.

Cidadania em Debate completa um ano de existência!
O Cidadania em debate completa neste mês de setembro um ano de existência. Neste espaço de partilha, de saberes e experiências vários temas foram debatidos.
Jornalistas, docentes universitários, ambientalistas, nutricionistas, educadores, funcionários públicos, juristas, advogados, contabilistas e estudantes do segundo ciclo, ensino médio e superior, se juntaram ao Mosaiko ao longo destas edições do Cidadania em debate, para reflexões de temas de vária ordem.


A coordenadora da Biblioteca Mosaiko, Irmã Cecília Prudêncio, faz um balanço positivo do primeiro ano de aniversário do programa de debates. Queremos agradecer as pessoas que, durante este período, se disponibilizaram para moderar os temas e a todos os participantes, em geral, sem esquecermos a Misereor e a FEC - Fundação Fé e Cultura por financiarem o projecto, afirmou.


Temas discutidos durante o 1º ano

Na 1ª edição reflectimos sobre Cidadania e Compromisso Social e o advogado Barros Manuel foi o facilitador.
A 2ª edição foi Economia Angolana: Desafios à Cidadania. O frei Mário Rui  assumiu a condução do tema.
Na 3ª edição tivemos como tema a Situação das Mulheres em Angola numa perspectiva de género. A feminista Sizaltina Cutaia fez o enquadramento do tema.
Na 4ª edição abordamos a Situação dos Direitos Humanos em Angola e a doutora Luísa Buta, do Ministério da Justiça e Direitos Humanos, conduziu o debate.
A 5ª edição foi sobre o tema Violência e Resolução de Conflitos. A assistente social Carlinda Monteiro fez o enquadramento do tema.
Na 6ª edição reflectimos sobre Saúde e Nutrição. A doutora Maria Futi facilitou o debate.
Na 7ª edição, olhámos para a Qualidade do Ensino em Angola. A activista Alexandra Simeão foi a facilitadora.
Na 8ª edição, tivemos como tema a Comunicação ao Serviço da Cidadania. O Jornalista Teixeira Cândido teve a responsabilidade de fazer o enquadramento do tema.
Na 9ª edição o ambientalista Vladimir Russo falou sobre Ecologia Doméstica: Um País para os nossos netos.
A 10ª edição o debate foi sobre Ética no Serviço Público. A Jurista Pulquéria Van-Dúnem foi a prelectora.
Na 11ª edição o especialista em desenvolvimento comunitário, Sérgio Calundungo, falou sobre o Compromisso Político do Cidadão.


E neste mês, o Cidadania em Debate reflectiu sobre Cidadania nas Redes Sociais, com a moderação do jornalista e docente universitário Ismael Mateus.


Próximo debate
No dia 14 de Outubro, vai decorrer a 13ª edição do Cidadania em Debate. Nesta edição, os participantes vão debater sobre o tema: Arte e Cidadania- Canções que mudam o pensamento. O músico rapper MCK vai moderar o debate.
Participe!

Mosaiko 20 anos ao serviço dos direitos humanos em Angola